Instrumentação: um gesto de amor à vida

Instrumentação: um gesto de amor à vida

Por Marcia Moraes, instrumentadora cirúrgica da equipe Urologia Vida

 

Ao contrário do que muitos pensam, ser instrumentadora requer muito empenho,instrumentadora-urologia-vi amor e dedicação. Além de instrumentadora
cirúrgica, sou auxiliar e técnica de enfermagem e atualmente, estou cursando Biomedicina para agregar ainda mais conhecimento, e desenvolver melhor o meu papel de instrumentadora. Assim, consigo me manter atualizada nas novas técnicas que se desenvolvem ao longo do tempo.

Nesses 12 anos de profissão, vivi muitas situações que só reforçam que estou no caminho certo. Como qualquer outra profissão é necessário comprometimento, mas ser instrumentador cirúrgica tem um fator especial: “a vida do paciente”; seus medos, anseios e necessidades. E é pensando assim que todos os dias desenvolvo o meu trabalho.

Todos os dias chego cedo ao hospital, confirmo se o paciente já está internado e peço a enfermeira para chamá-lo. Em seguida, vou a sala de cirurgia para ter certeza que o material escolhido pelo médico está disponível.

Assim que o paciente chega ao CC (centro cirúrgico), me apresento como membro da equipe de atendimento do Urologia Vida e busco aliviar um pouco o seu medo, ansiedade e estresse, com palavras de encorajamento e fé.

Quando começamos o ato cirúrgico, auxilio o médico em tudo, formando assim uma equipe sincronizada e harmônica, tornando o ambiente saudável e produtivo. Todos juntos para que o paciente tenha êxito em seu procedimento.

Já são 11 anos integrando a equipe do Urologia Vida. Posso dizer que ela é minha segunda família. Eles me acolheram e me deram a oportunidade de crescer profissionalmente. Sou imensamente grata ao Dr. Davi Abe, chefe da equipe e membro do Urologia Vida, por sua amizade, companheirismo e por todo o aprendizado adquirido, que se resume em um atendimento humanizado e amor ao próximo.

Hoje posso dizer que apesar dos obstáculos, me sinto realizada como profissional. Muito feliz, grata e satisfeita em exercer esta profissão e fazer parte desta equipe.

Por Marcia Moraes, instrumentadora cirúrgica da equipe Urologia Vida

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.